torredebabel

Senado prepara a reforma do novo acordo ortográfico

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal instala, nesta sexta-feira (08), às 14h, o Centro de Estudos Linguísticos de Língua Portuguesa (Cellp). O Objetivo é reunir sugestões para a simplificação da ortografia, uma luta a fim de fortalecer a inclusão social e tornar a Língua Portuguesa no Brasil e nos países que a adotam como língua oficial, mais democrática.

Em julho deste ano, o professor e filólogo, Ernani Pimentel, foi empossado pela Academia de Letras de Brasília – ABL – como presidente do Centro de Estudos Linguísticos da Língua Portuguesa. O objetivo do Centro é a reunião de acadêmicos e estudiosos para que possam debater e buscar soluções para tornar o ensino mais acessível.

O Acordo Ortográfico e suas alterações firmadas em 16 de dezembro de 1990 suscitam forte debate na sociedade e entre países de Língua Portuguesa, como Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Com seu adiamento para 31 de dezembro de 2015, por meio do Decreto Presidencial n° 7.875, especialistas da Língua Portuguesa têm trabalhado pelo adiamento do uso obrigatório das novas regras e a reformulação das normas aplicadas.

Por isso, no dia 1° de outubro de 2013, a Comissão de Educação do Senado Federal tornou possível a criação do grupo de trabalho para simplificar e aperfeiçoar o acordo ortográfico. A primeira reunião do grupo aconteceu no mesmo mês, no dia 17 de outubro, com o objetivo de apresentar até março de 2015 uma nova proposta à Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE).

Para o Professor de Língua Portuguesa, Ernani Pimentel, o Acordo foi elaborado na década de 1990, fruto de uma educação baseada essencialmente na velha “decoreba”, sem seguir lógicas objetivas e claras. O professor defende a simplificação da ortografia para que todos a dominem, sem precisar recorrer a dicionários e manuais.

(NM3 Consultoria)

[Texto transcrito (mantendo a ortografia original brasileira) do “blog” “Do Plenário, notícias de Brasília, por Marcos Machado”, 07.11.13. Destaques e sublinhados nossos. Imagem de Digital Productions (GlobeRed). ]