LIXO

 

Nota prévia

É de extrema importância política este reconhecimento expresso, por parte de um Partido que votou a favor da RAR 35/2008, quanto ao facto de continuarem a existir duas normas ortográficas da Língua Portuguesa apesar da entrada em vigor do AO90, por via daquela Resolução parlamentar, e a despeito de o fundamento básico do dito “acordo” ter sido a pretensa (e, como se vê, absolutamente falaciosa) “uniformização da ortografia“.

 

 

De: Rodrigo de Sá
Enviada: quinta-feira, 28 de Novembro de 2013 23:16
Para: Bloco de Esquerda
Assunto: Contacto

Viva,

Reparei que na vossa página está escrito a palavra “contato”.

De facto, “contato” é correcto segundo a grafia adoptada pelo Brasil.

Como cidadão de Portugal, exijo que os ditos representantes do Povo português escrevam em português de Portugal. O Povo, o mesmo que em dezenas de estudos mostram total discordância desta fraude política e atentado cultural que é o acordo ortográfico,

Exijo por isso que “contato” seja reposto para contacto.

Obrigado,

Rodrigo de Sá
professor na E.B.I. da Ribeira Grande

———————————————————————-

From: Bloco de Esquerda <http://www.beparlamento.net/contactos

Pode continuar a contar connosco na defesa dos direitos fundamentais dos cidadãos, na exigência do cumprimento, por parte do Estado, dos direitos constitucionalmente consagrados e na luta por um país mais justo, democrático e solidário.

Cordialmente,

Fabian Figueiredo
Assessor Parlamentar

———————————————————–

[Troca de correspondência reencaminhada para nós pelo autor da mensagem inicial, com autorização de publicação.]
[Montagem fotográfica de Rocío Ramos, via serviço Pho.to.]