Acaba de ser publicada a (prometida) entrevista de Sidney Silveira ao filólogo Sérgio de Carvalho Pachá. O que se segue é a reprodução integral do “post“, publicado no “blog” Contra Impugnantes em 25.04.14, com essa entrevista e um texto introdutório. No vídeo foram intercaladas pelo autor algumas notas que vão explicando as referências do entrevistado aos factos e aos envolvidos na (gigantesca) fraude intelectual que é o AO90.

sexta-feira, 25 de abril de 2014

A fraude intelectual da reforma ortográfica da Língua Portuguesa

Sidney Silveira

Na época do Acordo Ortográfico levado a termo durante o governo Lula, Sérgio De Carvalho Pachá era Lexicógrafo-Chefe da Academia Brasileira de Letras.

Nesta entrevista-denúncia, ele conta a história de como nasceu este monstro lingüístico e alude às absurdidades implicadas na nova lei, que não é outra coisa senão o seguinte: uma mudança no idioma feita por decreto, algo similar ao que Mussolini tentou na Itália (como o próprio Pachá comenta).

Os intelectuais portugueses — professores, escritores, editores, etc. — já enviaram um documento ao seu parlamento, para que revogue o Acordo.

Que os brasileiros saiam do letargo e façam o mesmo.