adatilógrafa

 

Compare a tradução portuguesa com a tradução brasileira do mesmo “trailer” deste filme.

As legendas não deveriam ser iguais ou pelo menos parecidas?

Exceptuando o facto de o “C” de “daCtilógrafa” ter sido amputado, no título do filme, há – como sempre houve e como sempre continuará a haver – muito mais diferenças do que semelhanças entre as duas variantes de português.

Afinal, onde está a tal “maravilhosa língua unificada” de que falam acordistas?