Release Date 02 de Novembro de 2011
Genre Ficção | Poesia
Description 100 anos após a reforma ortográfica de 1911, acreditamos que o valor e o “ativo” da Língua Portuguesa é algo que justifica uma aposta firme na divulgação e no reforço da nossa Cultura e da nossa Língua.

Assim, e neste inicio de ano letivo em que, quer alunos, quer cidadãos, quer inúmeras empresas estão a adotar e a adaptar-se ao novo acordo ortográfico, A Bela e o Monstro lança uma coleção de 26 Clássicos fundamentais da Literatura Portuguesa “revisitados” à luz da nova ortografia.

É antes de mais, e principalmente, uma homenagem às Letras, à Língua Portuguesa e um tributo aos Autores e às suas Obras.

São 26 títulos que represetam as 26 letras do novo alfabeto que já inclui o K, o W e o Y.

As Obras e os Autores são apresentados pela Professora Isabel Pires de Lima.

Esta iniciativa editorial conta com os patrocínios institucionais de:

* Biblioteca Nacional de Portugal
* Associação de Professores de Português (responsável pela revisão ortográfica)
* Plano Nacional de Leitura (todos os livros tem a sua recomendação)
* Instituto Camões
* Ministério da Educação e da Ciência

O parceiro principal deste projeto é a RTP, responsável pela divulgação desta iniciativa nos seus diversos canais nacionais e internacionais. A Coleção Klássicos está também associada ao programa “Cuidado com a Língua” (RTP1), programa de serviço público que divulga o nosso património linguístico.
Publisher A Bela e o Monstro, Edições Lda

[Transcrição integral da “Info” da página da “Coleção Klássicos no Facebook.]

1. Quanto custa cada um destes anúncios de página inteira que estão a ser publicados diariamente em mais do que um jornal nacional?
2. Qual é o custo total previsto para esta campanha publicitária na imprensa escrita?
3. Quanto custou a produção deste anúncio para imprensa escrita?

4. Quanto custa por segundo este anúncio de 23 segundos que está a passar diariamente, em diversos horários, em mais do que um canal de televisão?
5. Qual é o custo total previsto para este “spot” publicitário televisivo?
6. Quanto custou a produção deste “spot” publicitário?

NIF: 509748376
CAE: 58110
Início de Actividade: 02-02-2011
Estado: Activa
Entidade: A Bela e o Monstro, Edições Lda
Nome Comercial: A Bela e o Monstro, Edições Lda
Morada: Rua do Limoeiro, Nº 7, 2º
Localidade: Lisboa
Código Postal: 1100-308 LISBOA
Actividade: Actividades de Informação e de Comunicação
Categoria: Edição de Livros
Apresentação: Concepção, Produção, Edição e Publicação de Artigos Multimédia. Promoção e Divulgação de Artigos de Arte, Criação, Desenvolvimento e Produção de Conteúdos Editoriais a Ser em Distribuídos por Qualquer Tipo de Suporte

Informação de Link B2B

7. Como se justifica ter sido a esta e não a qualquer outra Editora que foi adjudicada a publicação da “Coleção Klássicos” sabendo-se que esta empresa iniciou a sua actividade em Fevereiro do corrente ano de 2011, ou seja, há apenas nove meses?
8. Houve concurso público para o efeito?
9. Onde estão publicados os resultados desse concurso? Ou a adjudicação foi por “ajuste directo”? Se foi por “ajuste directo”, isso não aparece – nesta data – no respectivo “portal” governamental.

a) Site da Editora “A Bela e o Monstro”: (em construção nesta data) http://www.abelaeomonstro.pt/
b) Página da Editora “A Bela e o Monstro” no serviço Youtube: 1 único vídeo, o mesmo que está em cima, neste “post”. Data de adesão ao serviço: 31.10.11.

10. Quais foram os critérios de escolha desta Editora em detrimento de outra qualquer, já que não é possível localizar através de motor de busca um único livro publicado pela empresa “A Bela e o Monstro – Edições, Ldª”?

Responda quem de direito ou quem souber.

O cidadão
João Pedro Graça