Movimento de cidadãos arrasa Acordo Ortográfico

A Feira do Livro será palco de um movimento de cidadãos contra o Acordo Ortográfico. A Iniciativa Legislativa de Cidadãos estará no terreno para engrossar a petição pública. Entre os signatários, destaca-se Guilherme Valente, fundador da Gradiva, que também “disponibilizou os espaços da sua editora na Feira do Livro para a recolha de assinaturas a favor da iniciativa“. A entrada em vigor do Acordo , lê-se, criou “uma situação de total indefinição, não colhendo receptividade por parte de largos estratos da população e nem mesmo por parte das estruturas e serviços do Estado, salvo raras e pontuais excepções.”

Manifestaram-se contra o Acordo figuras como Vasco Graça Moura, Ricardo Araújo Pereira e Eduardo Lourenço. Ontem Francisco José Viegas admitiu a hipótese de acertos no Vocabulário Ortográfico Comum, que deve ficar concluído em 2014.

[Reprodução de notícia do “Correio da Manhã” de hoje, 25.04.12, em peça jornalística da autoria de Sofia Canelas de Castro (textos) e Diogo Pinto (fotos). Os links foram inseridos no texto por nós.]