Rocío Ramos

Rocío Ramos é espanhola, vive e trabalha em Zamora. Nem de propósito, como sabemos, foi em Zamora que foi assinado, em 1143, o Tratado que assinalou a independência de Portugal.

Apaixonada por Portugal e pela Língua Portuguesa, que fala e escreve fluentemente, desloca-se ao nosso país com frequência, onde dá largas à sua outra paixão, a fotografia.

Colabora em iniciativas de divulgação da Língua e da Cultura Portuguesas, em Portugal e em Espanha, tendo inclusivamente traduzido um livro do Português para o Castelhano.

Acompanhou e apoiou desde o início a ILC contra o “acordo ortográfico” e mesmo antes disso já tinha sido uma das fundadoras da página da Causa no Facebook. Em Maio de 2010 deslocou-se expressamente a Portugal para participar numa campanha de recolha de assinaturas para a ILC em plena Baixa de Lisboa.

Não subscreveu, por não ter nacionalidade portuguesa (o que é uma evidente e cruel injustiça), mas apoia incondicional, activa e militantemente a ILC contra o AO90.

Nota: esta publicação foi autorizada pela pessoa visada.