ILC contra o Acordo Ortográfico

Ler, assinar, divulgar

Posts com a Tag Público

Lídia Franco nasceu e vive em Lisboa e é actriz de Teatro e Cinema, sendo também conhecida (e reconhecida) pelo grande público pelas suas interpretações em programas e séries cómicas de Televisão. Mais recentemente, tem sido presença activa nas redes sociais, nomeadamente no Facebook e no LinkedIn. Apoiante firme e determinada desde a primeira hora, […]

Maria do Carmo Vieira mora em Lisboa e é Professora de Português, tradutora, formadora, comentadora, activista e autora. Publicou, entre outros trabalhos, aqueles que serão porventura os seus títulos mais conhecidos: O Ensino do Português (Relógio D’Água Editores) e A Arte, Mestra da Vida (Quimera Editores) . Dedica-se activamente às questões relacionadas com a defesa […]

Quem gosta do Acordo Ortográfico deve andar feliz. Num repente, jornais e revistas adoptaram o novo jargão, cuidando de que assim se tornariam mais modernos. Mas não se vê nenhum entusiasmo na opinião pública. As cartas que vão chegando, por correio tradicional ou electrónico, os comentários online, os textos nos blogues, tudo surge à antiga […]

Consoante muda “Os otimistas falam em salvar a democracia”. Abria com estas palavras, na última página da edição de 5 de Maio passado, a coluna de opinião de Rui Tavares, que dá pelo nome significativo de “Consoante muda”. No mesmo dia, um leitor de Lamego enviava-me uma mensagem intitulada “Ortografia e senso comum”. Não estranhem […]

(…) «O facto de a nova grafia já ter sido adoptada por alguns jornais e pela agência noticiosa Lusa não o desanima. “Uma lei pode ser revogada, alterada ou suspensa. O que as pessoas desconhecem é que têm mais poder do que pensam“.» (…) (…) «O argumento de que já houve outros acordos ortográficos e […]

Público Editorial de 30.12.09 Por que rejeitamos o acordo. [transcrição] Por que rejeitamos o acordo O país está baralhado sobre o Acordo Ortográfico e com razão. Não sabe que já está em vigor, quando e como vai ser aplicado, e desconhece o seu conteúdo. Nós, no PÚBLICO, sobretudo não compreendemos para que serve e, incapazes […]